Perfil

Um pouco do que aprendi ao longo da vida

    Olá! Sou mestre em engenharia informática.
    No secundário aprendi Turbo Pascal, MS VB6, C e Access SQL.
    Na licenciatura aprendi Html, JavaScript, Php, Java, C++, Bash,
 MatLab (+/--), , Haskell (o básico), MySQL e PostgreSQL.
    No mestrado aprendi Prolog (para perceber se é bom, uma longa conversa e
 não ponha a carroça à frente dos bois) e Python (+/-) e usei algumas aprendidas
 anteriormente.

    Depois da universidade tenho estado a melhorar progressivamente em algumas linguagens e pus algo em prática.
 Andei a pesquisar bibliotecas JavaScript como o jQuery, o BootStrap, AngularJS ou o Knockout. Estou a par do Html 5.


Alguns Gostos

 Ódeio olharem com má cara.
 Ódeio fanatismo religioso. 
 Ódeio fanatismo ateu.
 Ódeio irracionalidade.
 Adoro de conversar com o pessoal.
 Adoro video-jogos.
 Gosto de sair à noite.
 Gosto de socializar-me ou sair com alguém.
 Gosto de simpatia.
 Gosto de mandar elogios.
 Gosto das coisas boas da vida.
 ...
 

Algumas frases interessantes


 O que torna a lógica viável e útil é o facto de usarmos muito mais números como o 100 ou 200 do que como o
trilião ou quatrilião.Ver infinito

 O que permite relacionar um problema com o infinito é o conhecimento de todas as suas leis de forma finita.

 A lógica ajuda muitas pessoas a pensar da mesma maneira.
  Podemos ir a votos acerca da velocidade com que o fio de um pêndulo não se parte, que Galileo já sabe a resposta.
O problema é que mesmo assim, por mais claro e evidente que esteja a tua explicação, nem todos conseguem perceber ou aceitar a tua ideia,
nem por melhor que seja. Se desconfias, mete-te a fazer certo tipo de programas e pode haver situações complicadas
de lidar com os implicados das nossas ações. Dá para perceber um dos motivo de o professor de matemática do 12º ano
passar a vida a gozar com os outros.

 Se tens raciocínio lógico muito forte podes assumir em certos jogos que o outro é tão esperto como tu para o
venceres, mas na vida real és obrigado a pensar consoante a situação encontrada. Não está em causa que
cada um de nós tenha uma maneira de pensar diferente.